sábado, 17 de novembro de 2012

Vídeo — NÃO HÁ DE SER EM VÃO


Resolvi incorporar, esporadicamente, os vídeos do CAJUTUBE às postagens principais também. Quem já viu, revê ou não vê. Abração.
   

24 comentários:

  1. Limerique

    Um dia o povo enfrentou o canhão
    Sem armas mas com amor no coração
    Venceram os tiranos
    Mas virão outros anos
    Porque a luta não há de ser em vão.

    ResponderExcluir
  2. Isto é o que se chama dar o peito à bala!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Porque somos todos humanos e hão de serem ouvidas todas as preces, sejam em poesia ou prosa em que se faça ver o futuro dos dias.
    Muito bom, amigo! Tenha um ótimo fim de semana! Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Limerique

    Regime de força e brutalidade
    Que um dia massacrou a sociedade
    Mas pessoas lutarão
    Não há de ser em vão
    Pois um dia nascerá a liberdade.

    ResponderExcluir
  5. Não tinha visto. Muito bom, Caju! Nossa!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  6. Um enfrentamento apropriado... ou vai, ou tenta... ou o a gente não tem proventos...

    Beijos e flores com carinho.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Limerique

    Um povo que vive abaixo de opressão
    Finalmente, um dia enfrentou o canhão
    Os tiranos sem trégua
    Lhes passaram a régua
    Chegará dia que as agruras acabarão?

    ResponderExcluir
  9. Vi pouca coisa na vida tão forte e viva feito esse vídeo. A compilação com as tuas palavras ficou perfeita.

    Beijo, Fred.

    ResponderExcluir
  10. e não foi mesmo,


    abração
    p.s. curtiu muito a fliporto?

    ResponderExcluir
  11. Tocante, Fred.
    Muito...
    O piano, o som da rua e a sua voz...

    beijoss

    ResponderExcluir
  12. Vídeo muito bom, Caju. Às vezes, temos mesmo que enfrentar os "monstros", sejam eles de metal ou não...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Gostei demais Caju!!!!

    ainda mais com Wim Mertens que depois de "Nós que aqui estamos por vós esperamos", eu acho ele poeticamente inspirador.

    Abraço

    ResponderExcluir
  14. Porreta, Fred. Torçamos para que o discurso vença o canhão! Meu abraço.

    ResponderExcluir
  15. Caro amigo

    Hoje
    em tempos
    onde se acredita
    e se defende
    tão poucos ideais,
    fico a pensar
    em pessoas
    que deram suas
    vidas por nossa
    liberdade atual
    e me pergunto
    se tudo não terá
    sido em vão.

    Que haja sempre
    sonhos por sonhar.

    ResponderExcluir
  16. Quando bem ditas,
    as palavras são bombardeio!

    ResponderExcluir
  17. nossa, gosto demais desse, é um tiro. e gostei da roupa nova!

    ResponderExcluir
  18. Entre a paz e o canhão, há muita poesia.

    ResponderExcluir
  19. Que não fosse, de fato, em vão, torcíamos. Mas ainda penso ter sido uma ilusão. Abraços!

    ResponderExcluir

Salve, salve, camarada!
O Sábados de Caju
escuta o que pensa cada,
podem contar quaisquer fatos;
se a prosa for prolongada:
tem a sessão de Contatos!