sábado, 9 de junho de 2012

XILOFONE


tesão
tensão

há tesão

atenção

sem tesão
há tensão
   

28 comentários:

  1. Xilofone encontrar-se no e-book Um Título Pouco Importa, disponível para download no blog.

    ResponderExcluir
  2. Hihihi justo demais!
    Boa semana pra vc!

    um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Tesão e tensões se misturam nas relações humanas.

    ResponderExcluir
  4. Aliteração sonora e inspirada. Mais uma dose sabática de caju amigo. Parabéns, Fred.

    ResponderExcluir
  5. Agora, então
    Fred, aquela frustração
    Tudo foi em vão

    ResponderExcluir
  6. todo desejo
    é
    são

    .

    belo poema!

    abs., bons caminhos!

    ResponderExcluir
  7. Que o diga Sigmund Freud rs...
    Bjo, bjo!
    :)

    ResponderExcluir
  8. Dança sem música!
    Bj imenso, grande poeta

    ResponderExcluir
  9. que belo poetar meu caro poeta..........
    que belo poema meu caro poeta.....
    abraços

    ResponderExcluir
  10. boa resolução das coisas, bem isso mesmo hahah

    beijos

    ResponderExcluir
  11. E aliviar o tesão, alivia a tensão.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. realmente, sem tesão, há tensão!

    ResponderExcluir
  13. A tensão está sempre presente...
    Um abraço, caro amigo.

    ResponderExcluir
  14. MARCELO DE BARROS14 de junho de 2012 00:07

    HAHA,GOSTEI POETA!MUITO BOM ESSE JOGO DE PALAVRAS!

    ResponderExcluir
  15. Atenção! Com tesão deixe morrer a tensão.

    :**

    ResponderExcluir
  16. Pois, Caju, deixemos então
    que findem os senãos...

    Beijo e cheiro.

    ResponderExcluir
  17. Só tenho isso a dizer: http://aaurevoirr.blogspot.com.br/2011/10/tensao.html

    Abraços!

    ResponderExcluir

Salve, salve, camarada!
O Sábados de Caju
escuta o que pensa cada,
podem contar quaisquer fatos;
se a prosa for prolongada:
tem a sessão de Contatos!