sábado, 24 de dezembro de 2011

APARELHO

                        a arte
                  do mar
                  de marte
                    tem
                        morte
                    tem
                        mortos
                              e os
                               nossos
                                 ossos
                               nos
                          poços
do cemitério
                   frio
              do rio
                          que deságua
                                 nas águas
                                                      do mar
                                                      de marte
      

29 comentários:

  1. Aparelho encontra-se no e-book Um Título Pouco Importa, disponível para download aqui mesmo no blog.

    ResponderExcluir
  2. caju, fui jogar no google o "filme do seu conterrâneo" porque não entendi sua msg. nossa, quanta sincronicidade criativa. não conhecia, não. vou ver se encontro por aqui (estou fora do país faz 3 anos, certas coisas infelizmente não chegam por aqui)... bjs!

    ResponderExcluir
  3. Cajuíno amigo, você é fera demais! Seu jogo de palavras é ímpar!

    Muita paz!

    ResponderExcluir
  4. e isso é só uma parte da arte no mar de marte!
    PHoDa, uma vez mais.

    ResponderExcluir
  5. Ah marte... Ah marte, planetinha frio com aparelhos sondáveis, será possível amar-te? Creio que com arte sim!

    Fred, seguindo teus rastros deixados em meu blog, aqui cheguei e também posso dizer que já gostando muito! Com certeza serei visitante de carteirinha! Feliz Natal Verdadeiro!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. uma morte construida nos solo de marte uma bela arte

    ResponderExcluir
  7. Bonito o teu poema, amigo Fred.
    Tenhas um lindo Natal.

    ResponderExcluir
  8. Pois bem, poeta Fred!
    As mesmas palavras dirijo-as à ti!
    Como sempre, belo poema.
    Mas, para não fugir do clichê natalino:
    Um Feliz Natal.

    ResponderExcluir
  9. Já é domingo, chego atrasada, mas chego! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Para fugir do clichê:
    feliz putaquiopariu! hehehe

    ResponderExcluir
  11. Poeta querido...
    Que linda essa brincadeira com as palavras! Os meus olhos foram fazendo a curva para acompanhar rs. Fred, mil bjos de um Feliz Natal pra ti!
    Carinho,
    Dani

    ResponderExcluir
  12. Coisa linda de ler, de sentir, de tomar, de olhar. As palavras dançam na tela...isso é bom demais. Vão a marte e voltam mar. Que arte! Bom demais, Caju.


    Beijos e um Natal abençoado :)

    ResponderExcluir
  13. Belo belo, Fred.
    Que seu Natal tenha sido muito bom e alegre.]

    Abraço.

    ResponderExcluir
  14. Segui rastros
    e parei neste cajueiro
    que perto do mar de Marte
    deságua aos sábados.

    Gostei
    FELIZ ANO NOVO

    ResponderExcluir
  15. Brincar com as palavras traz bons resultados.

    bj

    ResponderExcluir
  16. Oi, Fred!

    Passando para ir conhecendo seu espaço.

    Muito bom!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  17. Uma âncora,
    foi o que li:
    a-mor-te.

    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Olá. Incrível.
    Agradeço muito a visita, e digo o mesmo: aqui voltarei.
    O que disseste me vale muito, acredite...

    Um beijo, um abraço, até mais um encontrar!

    ResponderExcluir
  19. Que a o suave perfume de Jesus, perfume de paz, amor,
    harmonia e a eterna esperança no novo Novo .
    Inspirado, como fundamento de uma sociedade nova, com Justiça e amor
    onde não haja descrinações entre povos de Nações.
    Onde a crianças e idosos encontre respeito numa
    socidade menos corrupita e injusta.
    Que o Mundo seja de todos as cores da primavera
    que todos possam beber do mel extraído do néctar das flores.
    Que a paz de jesus reine em seu coração e que 2012 seja um ano de intensa paz .
    Um carinhoso Beijo meu eterno carinho.
    Vou contar com você em 2012
    Eu vou continuar seguindo e te amando.
    Com carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  20. Maravilha, Fred, meu querido!
    Você é demais...
    Não tem limite a sua criatividade...
    Abraço bem forte!

    ResponderExcluir
  21. Quando bati o olho na forma como o texto foi escrito me encantei.
    Criatividade, vida e surpresa nas palavras.
    Quase que sublime!

    ResponderExcluir

Salve, salve, camarada!
O Sábados de Caju
escuta o que pensa cada,
podem contar quaisquer fatos;
se a prosa for prolongada:
tem a sessão de Contatos!