sábado, 3 de setembro de 2011

GIRASSÓIS

Dos girassóis, o seu esplendor:
o miúdo sol particular,
com movimento de carrossel
sempre girando sem parar,
iluminando qualquer flor,
iluminando qualquer céu.
   

24 comentários:

  1. Originalmente publicado no aniversário do blog Flores e Flechas (29/08/2011).

    Girassóis encontra-se no e-book Pentágono, disponível para download aqui mesmo no blog.

    ResponderExcluir
  2. Dá-lhe Caju, mais uma obra prima, mantém o nível alto.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Por que não existem flores que desgostosas com a noite se virem para a luz refletida do sol? Seriam giraluas... Talvez existam com outro nome.

    Abração.

    ResponderExcluir
  4. Iluminando este sábado, este sábado de caju!

    :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Microssóis que adoro, ainda quero alguns particulares.
    E...giraluas? Esse é o Marcantonio passando...:-)
    Beijos,

    ResponderExcluir
  6. Lindo o poema....e linda a ideia de "giraluas" do Marcantonio rs...bjos!

    ResponderExcluir
  7. Gira sol ..................
    alguns girrassóis salvaram-me
    abraços

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo, meu querido Fred!
    A imagem do girassol é uma das mais lindas que existem...
    Nos seus versos, então, nem se fala!
    Abraço, amigo!

    ResponderExcluir
  9. girassóis me deixam em órbita,


    abraço

    ResponderExcluir
  10. "Sempre que o sol
    Pinta de anil
    Todo o céu
    O girassol
    Fica um gentil
    Carrossel (...)"
    Vinícius de Moraes

    Obs.: Nem preciso dizer q sou fã de seus versos ^.^

    ResponderExcluir
  11. Dá-lhe! Os girassois têm algo de especial: por carregarem seu própio sol, por seguirem sempre a luz.

    ResponderExcluir
  12. Mais um belo escrito sobre essa flor maravilhosa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. "um miúdo sol particular"
    adorei, sempre tive essa idéia sobre girassóis.
    bjoo Caju

    ResponderExcluir
  14. Eita florzinha dependente! hehehe
    Muito bom, parceiro!

    ResponderExcluir
  15. ficou massa!
    Marcelo de Barros

    ResponderExcluir
  16. Girassóis que iluminam qualquer madrugada... :)

    Beijo,
    Ane

    ResponderExcluir
  17. Girassóis são bonitos, está cada dia mais difícil de vê-los por aqui. :/

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pelas belas escritas. A Noemyr me mostrou esse poema e adorei... Sou ENCANTADA por Girassóis... Tão belos né mesmo? Há luz e vitalidade neles que não existe em nenhuma outra flor!

    Namastê.

    ResponderExcluir

Salve, salve, camarada!
O Sábados de Caju
escuta o que pensa cada,
podem contar quaisquer fatos;
se a prosa for prolongada:
tem a sessão de Contatos!