sábado, 15 de maio de 2010

CULINÁRIA FRANCESA

Um verso
Único verso
Universo

Um otário
Único otário
Unitário

Verso unitário
Universo otário
Universitário 
   

9 comentários:

  1. Originalmente publicado em: Poetas de Marte (06/11/2009)

    Culinária francesa encontra-se no e-book Um Título Pouco Importa, disponível para download aqui mesmo no blog.

    ResponderExcluir
  2. Todos nós fazemos parte de prato servido frio =]

    ResponderExcluir
  3. Construção linguística interessante (e inteligente, claro). :)

    Beijos,
    Ane

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHA,
    o melhor de ver as coisas que tu escreve depois de enxer a cara é ler coisas do tipo:
    "constução interessante"
    Sei...
    E o que porra isso tem a ver com a França?!

    ResponderExcluir
  5. Fred...
    não sabia que havia possibilidade de "cajus" no fundo das palavras, por baixo dos sentidos. Daí que sendo paraibano, parente muito próximo desse aroma e ideário, isso me soa familiar. Pego pois esse atalho.
    O restante que se completa, o abrigo que se ergue aqui para mim, encontro nos teus escritos: inteligentes, ácidos, irônicos...

    Insistirei meu passo aqui, não apenas para me rever no fruto por baixo de tudo, mas para criar possibilidades de não me reconhecer mesmo, já que aqui beberei palavras preparadas com outro olhar, ressignificadas de outros zelos.

    Abraço.
    Ricardo.

    Ah, gostei muito deste poema; o mesmo digo das outras postagens, principalmente de “O tempo da solidão” – um dos meus temas favoritos.

    Se quiseres conhecer um pouco das curvas que descrevem minhas palavras, passa lá:

    http://curvasdapalavra.blogspot.com

    (sobre solidão: Janelas para vazios/Estranheza/Pacto silencioso/Correnteza...)

    ResponderExcluir
  6. interessante esse jogo de ideias. confunde um pouco, mas é uma mistura boa. alegre e divertida. dá a impressão de algo tranquilo, isolado, vago... gostei de estar aqui.

    ResponderExcluir

Salve, salve, camarada!
O Sábados de Caju
escuta o que pensa cada,
podem contar quaisquer fatos;
se a prosa for prolongada:
tem a sessão de Contatos!